31 março 2009

Pois...

Diz o meu marido: Artigo interessante... tema para "possíveis interessantes discussões"

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1371479&idCanal=62

Efectivamente!
Se tudo é tão complicado, não seremos nós a parte complicada?!
Porque não descomplicar?!
Porque não sermos nós facilitadores de comunhão, de partilha e de amor?
Há tantas crianças a precisar de colo!!!
E porque não dar oportunidade ao outro de dar?!
Complexo, hein?!
Deixemo-nos Pensar!

Choose love

28 março 2009

Para o infinito... e mais além!!!

Depois de uma semana extenuante, segue-se via A1 a caminho de Viseu.

O cansaço era mais que muito e, apesar da boa companhia, o sono fez-se sentir e alguns foram os minutos em que os olhos repousaram.

A música que paira no ar é apenas feita de palavras e de risos, de gargalhadas e de descobertas, de ultrapassagens e travagens em função do trânsito que se faz sentir ao longo de todo o percurso.

E, de repente, eis que as copas das árvores formam um infindável túnel. Não consigo nomear as árvores que cobrem toda a via - o meu parco conhecimento da flora não mo permite -, em todo o caso, as árvores trasportaram-me imediatamente para um Renault 5 (de 4 velocidades), com a bela da matrícula bem vincada na memória, de cor bourdeaux e de apenas 3 portas.






O rádio tocava as belas canções do Joe Dassin - aquele que era horrível porque simplesmente era aquilo que os nossos pais gostavam - e lá iamos nós, rumo a um algarve desconhecido onde a praia era a melhor do mundo!!! Noite fora seguia-se a apreciar a paisagem escura repleta de mistérios.

É tudo tão diferente hoje!

A paisagem contina a apreciar-se. Mas... e as imagens que outrora se criaram?! Cadé a nossa capacidade de fantasiar?

21 março 2009

Primavera, Printemps, Spring, Frühling

by Giuseppe Arcimboldo
E que bom é tê-la aí, repleta de vegetais e de flores, de cores a alegria, de sol e brisas calmas.
Já fazia falta!!!

19 março 2009

DIA DO PAI


O MEU PAI É GRANDE


QUASE QUE CHEGA AO CÉU


TEM FORÇA DE UM GIGANTE


O MEU PAI É SÓ MEU


GOSTO DELE E ELE GOSTA DE MIM


O MEU PAI É ASSIM.


Feliz dia a ti PAI!!!

17 março 2009

17 de Março de 2009

Hoje há que usar uma flor branca ao peito.



Todos aqueles que se incluem no grupo dos técnicos de Serviço Social, devem usar um flor branca - esta era a mensagem que circulava por aí.

Eu usei! E expliquei a quem comentou a minha flor o motivo da sua existência.

Também hoje havia uma conferência/congresso, ao qual lamentavelmente não pude comparecer.
"o que é afinal ser assistente social?" era o nome da conferência.
E direi eu, alguém que ama (ou deveria) amar aquilo que faz, que se entrega de corpo e alma aos que precisam, que não se importa de dar a cara pelos outros, sem pensar que pode magoar-se!

Mas, em oposição, questiono-me eu?! De que serve ser-se assisente social nestas minhas condições actuais?! Dramático não é, porque ao invés de tantos colegas, não estou no desemprego, mas...

O medo vai ter tudo
pernas
ambulâncias
e o luxo blindado
de alguns automóveis

Vai ter olhos onde ninguém o veja
mãozinhas cautelosas
enredos quase inocentes
ouvidos não só nas paredes
mas também no chão
no tecto
no murmúrio dos esgotos
e talvez até (cautela!)
ouvidos nos teus ouvidos

O medo vai ter tudo
fantasmas na ópera
sessões contínuas de espiritismo
milagres
cortejos
frases corajosas
meninas exemplares
seguras casas de penhor
maliciosas casas de passe
conferências várias
congressos muitos
óptimos empregos
poemas originais
e poemas como este
projectos altamente porcos
heróis
(o medo vai ter heróis!)
costureiras reais e irreais
operários
(assim assim)
escriturários
(muitos)
intelectuais
(o que se sabe)
a tua voz talvez
talvez a minha
com a certeza a deles

Vai ter capitais
países
suspeitas como toda a gente
muitíssimos amigos
beijos
namorados esverdeados
amantes silenciosos
ardentes
e angustiados

Ah o medo vai ter tudo
tudo
(Penso no que o medo vai ter
e tenho medo
que é justamente
o que o medo quer)

O medo vai ter tudo
quase tudo
e cada um por seu caminho
havemos todos de chegar
quase todos
a ratos

Sim
a ratos

(Alexandre O'neill)

E reforço eu a ideia!
Havemos quase todos de chegar a ratos! Porque é nessa perspectiva que se vive hoje. Na de se ser sempre melhor que os outros a qualquer preço, independentemente dos valores que se devem (ou deveriam) preconizar como valores morais e éticos a pôr em prática.

Mais, é tudo uma cambada de oportunistas e de "salve-se quem puder" numa rataria que trezanda a podridão!

Dia Mundial do Serviço Social

16 março 2009

Tempo de molhar-se!!!



EU ATREVO-ME.

15 março 2009

The curious Case of Benjamin Button




Fabulosamente denso!
Genialmente filmado, caracterizado... feito!
Lágrimas e risos foi o que obtive durante muito tempo.
Excepcional.
Não encontro forma de o descrever.
166 minutos de densa aprendizagem pessoal.

A vida é tão extraordinariamente bela e profunda que nos faz pensar e repensar no quê da nossa existência! Nos nossos objectivos e obstáculos, vontades e medos, dúvidas e anseios, sonhos e realidades, vivências e desejos, amores e desamores, paixões e devaneios, partilhas e narcisismos.

Como seria se de facto nos contássemos ao contrário? Como seria se o nosso relógio biológico funcionasse de acordo com o oposto daquilo que é para nós conhecido como "a normalidade"?

"You never know what's comin' for you!!!"

14 março 2009

13 março 2009

sexta-feira 13 sem nome

Notícia arrebatadora!

Um bebé morre dentro do carro depois de 3 horas fechado ao sol - e os resultados da autopsia são inconclusivos.

O pai do bebé é constituído arguido no caso, por crime de homicídio por negligência, na sua forma mais grave, punível até 5 anos de prisão.


Daquilo que se lê e se ouve, um jovem indivíduo deixa o seu filho de 9 meses na cadeirinha do carro, fechado durante 3 horas, enquanto vai trabalhar.
Ao que parece a criança teria ficado a dormir e, por esquecimento(?), só após um telefonema da esposa se terá apercebido que (afinal) não levou a criança ao infantário, como era suposto.
Foi dado o alerta para o Centro de Emergência, mas quando chegaram ao local a criança já se encontrava sem vida.
Para este caso, depois de uma autopsia inconclusiva, imputam o pai do bebé um crime de homicídio por negligência.

Lêem-se notícias e comentários e... como é possível que teçam semelhantes comentários a uma situação tão inanalisável como esta?

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1369104&idCanal=62

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1369046

Quem melhor do que os directamente envolvidos na situação para saberem o que sentir, o que pensar, o que reagir e o que demonstrar perante "isto"?

Dramático, impensável, irrepresentável para quem nunca passou por nenhuma situação similar...

sexta-feira 13

A cidade estava caótica!
Ninguém se entendia.
E eu... a sair de um local de trabalho, tento dirigir-me para outro (sim, porque ter um part-time não sustenta ninguém).
As estradas estavam insuportavelmente carregadas de carros e camiões, motas e camionetas de passageiros. De tal ordem que tive que mudar de rota!
Rumo ao São José de todos os dias, dirijo-me à mata de Monsanto. Verde e mais verde e ainda mais verde.

Cheira a pinho!!!

É tão engraçado... No meio da cidade há um pulmão repleto de oxigénio, um coração que dá vida aos transeuntes e a todos os que por ali vagueiam.
O sol trespassa a folhagem das copas das árvores e beija as flores que começam agora a florescer.
Os vidros do carro vão com uma ligeira abertura, o tecto de abrir também a deixar entrar o sol e a brisa (quase) primaveril e eis que se passa praticamente uma hora desde que saí. Quase chego ao local de destino e, novamente, surgem o carregamento de carros e camiões, motas e camionetas de passageiros.

Que tarde...

09 março 2009

I have a dream

I too need a kiss

(c) Gustav Klimt

The Wishing Tree


I wish and wish and wish more and more and continue to wish...
And nothing happens. Nothing happens at all.
I wish my wish (or wishes) could come true, but those are nothing more than wishes, that will keep as wishes.

Parabéns BARBIE!!!

Hoje é dia de aniversário!
A Barbie faz 50 anos.




A boneca que era um exemplo a seguir!
Todos os fins-de-semana eram dias de construir casas com divisões a perder de vista, eram dias de ser a maior empresária! Uma empresária de sucesso, com marido e filhos, com carros e casas de férias...
Todas nos víamos a ser assim um dia. A transformarmo-nos num ser esplendoroso e belo, como uma vida invejável!
E eis que a realidade é tão diferente...
É bom concluir que há uma enorme diferença entre o sonho, a brincadeira e o real.
Afinal de contas, somos nós que fazemos a nossa vida e o nosso real. E nada melhor do que sermos nós os construtores da nossa realidade. A de brincar era tão mais fútil...

08 março 2009

Feliz dia da MULHER

woman with a flower, Picasso




Estás tão bonita hoje. quando digo que nasceram
flores novas na terra do jardim, quero dizer
que estás bonita.

Entro na casa, entro no quarto, abro o armário,
abro uma gaveta, abro uma caixa onde está o teu fio
de ouro.

Entre os dedos, seguro o teu fino fio de ouro, como
se tocasse a pele do teu pescoço.

Há o céu, a casa, o quarto, e tu estás dentro de mim.

Estás tão bonita hoje.

Os teus cabelos, a testa, os olhos, o nariz, os lábios.

Estás dentro de algo que está dentro de todas as
coisas, a minha voz nomeia-te para descrever
a beleza.

Os teus cabelos, a testa, os olhos, o nariz, os lábios.

De encontro ao silêncio, dentro do mundo,
estás tão bonita é aquilo que quero dizer.

José Luis Peixoto,
in "A Casa, a Escuridão"

06 março 2009

Scarborough faire



Mais uma memória!
Um vinil que se ouvia ao sábado à noite no giradiscos canadiano.
Sentados a uma mesa de sala em vidro castanho.
Perto de umas colunas gigantes, com uns enormes phones nos ouvidos!
Fumava-se um cigarro ou outro e lia-se um qualquer livro que cultivasse. Dois dedos de conversa e mais umas cantorias pelo meio.

Ainda eu não sabia apreciar as coisas boas da vida!

Bons velhos tempos...

05 março 2009

Stary stary night



Uma melodia ao chegar a um velho palacete...
Memórias de infância!
Um pai a brincar quando chega a casa, ao fim de um dia de trabalho, aos escorregas em cima da cama e ao poço que, de repente, abre e fecha com o contar de mais uma lenga-lenga!

Saudade...

04 março 2009

A conversation about race



E ainda nos questionamos acerca do racismo!!!
Que dúvidas?!
Que formas de agir, de ser ou estar?!

Vale a pena (re)pensar neste conceito!

03 março 2009

SLUMDOG MILLIONAIRE


A importância das coisas é tão relativa!!!

Na simplicidade e na pureza de coração de de alma vive
a inocência da criança, o sonho do adulto...

Que a vontade de brincar e de sorrir,
de encontrar o amor,
ultrapasse sempre a tristeza e a dor
das perdas de um dia e permita
a consolidação dos valores morais que outrora nos incutiram!

Por de trás da cortina...

... há um ser que se esconde!
Há um ser que vive enclausurado e sem voz perante as adversidades. Um ser que se esconde por detrás de sorrisos e gargalhadas falsas. Que vive os minutos que tem de sucesso isoladamente, por entre as evasões de tantos outros seres que continuam a sobressair em toda e qualquer circunstância.
Há um ser que se sente imerso num mundo de sigilos e de véus pintados de cores do arco-íris. Véus que velam tudo o que é original e verdadeiro. Que não retratam as infelicidades e as contrariedades de quem vive num mundo tão pouco redondo como o nosso.
Esse ser tem tanta vontade de gritar, como de se expor, de se manifestar, de ser alguém real e concreto, com desejos e vontades próprias, com projectos e objectivos claros e bem delineados. Mas... ao invés disso, afoga-se de cada vez que uma mais-valia se ergue no patamar de outros seres reais e concretos, que se expõem naturalmente.

Beyond the curtain

by Victoria Taylor-Gore

02 março 2009

Manhã cinzenta

2ª feira, 9 a.m.
Manhã cinzenta.
2ª circular entupida, como é hábito, mas o trânsito a fluir lentamente.
RCP ligada e notícia inesperada!!!
Mudo para a Antena 1 e eis que me apercebo da bombástica novidade: Disparos provocam a morte do Chefe das Forças Armadas e do Presidente da República da Guiné.

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1367312&idCanal=11

E o curioso é ler os comentários numa página web a esta notícia.
Há de facto gente muito má!

Isto começa a parecer-se o "texas"...