29 abril 2007

Uma ida ao estádio da luz

Domingo...
um trânsito infernal,
um tempo chuvoso.
Vêem-se cores vermelhas e verdes,
aparentemente não há sobressaltos.
Segue-se em direcção ao estádio e eis que se entra.
Caminha-se para a porta da bancada
e alguém pede uma fotografia.
Um italiano que acha belissimo
um casal, cada um de seu clube
mas sorridentes e de mãos dadas.
Curiosamente,
o resultado do jogo é um empate!

Um som...

26 abril 2007

25 abril 2007

uma tarde

postes de semáforos que agitam com o vento

gentes sentadas na relva

músicas que ecoam pelas ruas da cidade

multidões que gritam pela liberdade

cravos vermelhos em tudo o que é viela...

23 abril 2007

So happy together

21 abril 2007

Um passeio

16 abril 2007


Pela janela

Lá em cima
as andorinhas voam, VOAM, voam...

Cá em baixo
miro o céu
e as as andorinhas que voam, VOAM, voam...

sumo na vida é o que eu te desejo,
como na vida um beijo,
um beijo

Volto a olhar para o céu
para as andorinhas
que voam, VOAM, voam...

E de repente

sumo na vida é o que eu te desejo,
como na vida um beijo,
um beijo


E não há mais andorinhas!

15 abril 2007

Um domingo

Sol...
Ah o sol!!!
A relva e os lírios amarelos
Os lírios d'água...

14 abril 2007

Um som pela noite...

12 abril 2007

Telepatia

Telepatia
Silencio, Calma
Feiticaria
Da tua alma
Passo a passo
Sem ter medo
Abrimos, soltamos
O nosso segredo
E a sorrir
Devoramos o mundo
Num abraco
Tao profundo
Telepatia
Sem contratempo
Deixei-te um dia
Num desalento
E eu sonhava
Existia
Pra sempre, pra sempre
Foi pura poesia
Sem pensar
Nao vi, que passavas
Pelo meu corpo
Nao ficavas
Telepatia...

Somewhere over the rainbow

10 abril 2007

Desrespeito

s. m.,

falta de respeito;


irreverência;


desprezo;


desacato.

Um desejo


Que a tua alma dê ouvidos a todo o grito de dor.

Tal como o lótus que abre o seu coração para absorver o sol da manhã!

08 abril 2007

All by myself


A notícia

Aqui cheira a sândalo e ouvem-se os pássaros e uma melodia zen.

Lá fora chove e troveja!
O céu está carregado e negro.
Grande parece a tempestade, mas ela não se faz sentir como tal.
Receava uma triste notícia, mas essa ainda não chegou! Feliz ou infelizmente...

A água continua a cair!
Imagino o frio que lá fora se sente!
São tão grossas as gotas que provavelmente doem onde não caem.
Só não dói onde devia!

07 abril 2007

Poema XVIII

Impetuoso, o teu corpo é como um rio
onde o meu se perde.
Se escuto, só oiço o teu rumor.
De mim, nem o sinal mais breve.

Imagem dos gestos que tracei,
irrompe puro e completo.
Por isso, rio foi o nome que lhe dei.
E nele o céu fica mais perto.


Eugénio de Andrade

05 abril 2007

whatever...

04 abril 2007

Que tal uma voltinha?

Feitio


Não importa o que é, nem como é!
A beleza que encerra está algures.

Feitio

de feito

s. m.,

forma;
feição;
configuração;
disposição de espírito;
carácter;
génio, índole;
o trabalho do artista, relativamente ao artefacto;
o preço desse trabalho;
ornato.

perder tempo e o -: não ver o resultado do esforço empregado.

in Priberam

03 abril 2007

Um regresso